Prefeitura Municipal de Nova Venécia

Prefeito apresenta projeto para acabar com transtorno de alagamentos no bairro Rúbia

Prefeito apresenta projeto para acabar com transtorno de alagamentos no bairro Rúbia

Documento já foi aprovado pelo Ministério da Integração Nacional. Município aguarda liberação dos recursos para iniciar obras

Na última quarta-feira (06), o prefeito de Nova Venécia, Lubiana Barrigueira (PSB), se reuniu com representantes da Defesa Civil Municipal e membros da Associação de Moradores do Bairro Rúbia, atendendo a uma solicitação de um grupo de moradores, para tratar sobre o transtorno ocasionado pela água da chuva que empoça no local, quando chove em grande volume. O problema é antigo. Moradores relataram que convivem com a situação há mais de 40 anos.

Durante a reunião, Barrigueira deu uma ótima notícia aos representantes da associação. O projeto de drenagem elaborado pelo município já foi aprovado pelo Ministério da Integração Nacional. O município agora aguarda a liberação do recurso para licitar e em seguida dar início à obra, avaliada em mais de R$ 1 milhão.

Na ocasião, o projeto foi apresentado para os participantes. A obra compreende 1.965 metros de canalização pluvial. A água que chega na bacia do bairro será escoada para o ponto mais baixo, próximo à quadra que existe no local, ao lado do antigo pinicão. De lá, a água será canalizada até a galeria principal que fica próximo ao Hospital São Marcos, que já está interligada direto no rio Cricaré.

“Esta é a solução para o problema dos alagamentos no bairro Rúbia. Levamos o projeto ao Ministério da Integração Nacional e agora foi aprovado. Assim que for liberada a verba, fazemos a licitação para contratar a empresa e dar início à obra. Infelizmente não conseguimos fazer com recursos próprios por ser um projeto grande, mas essa questão da drenagem em breve será resolvida”, disse Barrigueira.

O presidente da Associação, Reinaldo Caliman, disse que a execução da obra vai beneficiar muitas famílias. “A cada ano, quando chega o período das chuvas, famílias perdem móveis e passam por todo aquele transtorno de água invadindo as casas. Esperamos sensibilidade por parte do Governo Federal para que liberem o mais rápido possível esse recurso e assim acabar com o sofrimento da população”, comemora.

A Defesa Civil Municipal foi essencial para a aprovação do projeto. Por meio dos laudos e pareceres técnicos, o Ministério da Integração Nacional entendeu que a obra realmente é necessária para acabar com os transtornos de alagamentos no local.

Praça

Durante a reunião, o prefeito Lubiana Barrigueira anunciou ainda que o bairro vai ganhar uma praça, fruto de emenda parlamentar da senadora Rose de Freitas. Avaliada em R$800 mil, o recurso é proveniente do Ministério do Esporte.

Na oportunidade, o chefe do executivo veneciano fez questão de frisar o empenho dos vereadores Ronaldo Barreira e Zé Luiz do Cricaré na causa. “Unimos forças, fomos juntos a Brasília e fizemos a reivindicação para construir uma praça em nossa cidade. Ouvimos sugestões e optamos por direcionar essa praça para o bairro Rúbia. É um recurso disponível do Governo Federal para investir, exclusivamente, na construção de praça. Entendemos que o local é propício para receber uma linda área de lazer”, finalizou Barrigueira.

Galeria e praça: recursos distintos

Durante a reunião, os representantes da Associação de Moradores do Bairro Rúbia indagaram o prefeito sobre a possibilidade de utilizar o recurso que será destinado para a construção da praça na obra de drenagem pluvial. O prefeito Barrigueira esclareceu aos participantes que pelo fato de serem recursos provenientes de ministérios diferentes, a verba não pode ser direcionada para outro fim, já que um ministério lida exclusivamente com investimentos em infraestrutura e saneamento e o outro com esportes e lazer.

“Muita gente acha que podemos pegar um determinado recurso e investir naquilo que é prioridade. Não é bem assim. A população precisa compreender que as dotações orçamentárias são específicas de cada área. Não posso pegar uma verba destinada para construir uma praça, proveniente do Ministério do Esporte, e utilizar para construir uma galeria pluvial, que é de responsabilidade do Ministério da Integração Nacional. Cada recurso é específico de acordo com o ministério do qual é proveniente. Sabemos que a prioridade no local é a obra da drenagem, mas se não aproveitarmos essa disponibilidade, perdemos a oportunidade de construir uma praça no bairro, e isso não vai acontecer”, esclareceu o prefeito.