Secretaria Municipal de Educação - Nova Venécia

Escolas municipais também receberão “Calçada Cidadã”

DSC07430


Na manhã desta quinta-feira, 06, o prefeito Mário Sérgio Lubiana, o Barrigueira, assinou a ordem de serviço para execução do projeto “Calçada Cidadã” em 09 órgãos públicos municipais.

As Calçadas Cidadãs são planejadas e serão construídas com pisos antiderrapantes e piso tátil, que auxilia a locomoção de pessoas com baixa ou nenhuma visão, além de possuírem rampas de acessibilidade para cadeirantes e acesso dos idosos.

A solenidade de assinatura da ordem de serviço contou com a participação especial do vereador Moa, responsável em conseguir a emenda parlamentar para a adequação das calçadas, por meio do senador Magno Malta. Moa veio à cidade especialmente para o evento, já que ainda se encontra em recuperação em sua residência em Guriri.

Estiveram na solenidade diversas autoridades, dentre elas a secretária municipal de Educação, Risonete Maria Oliveira Macedo, o prefeito Mário Sérgio Lubiana, além de alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Veneciano e servidores municipais.

DSC07434A secretária Risonete destacou a importância da obra para a cidade: “Essa obra é de suma importância, pois além de tratar de estrutura, trata do ser humano, trata de inclusão, principalmente as pessoas portadoras de deficiências físicas e os idosos, por isso, a adequação das calçadas localizadas nos setores públicos vai melhorar o acesso dessas pessoas a serviços importantes na área de educação, saúde e cultura do município”, declarou.

As obras do projeto “Calçada Cidadã” contemplam, além da Biblioteca Municipal, as seguintes escolas: CMEI “Luzia Alves de Lima”, EMEF “Tito dos Santos Neves”, CMEI “Odorico Domingos”, EMEF “São Cristóvão” e EMEF “Veneciano”. Além destas, outros setores públicos receberão as obras: Secretaria Municipal de Obras e Planejamento, Capela Mortuária, Unidade de Saúde “Carlos Scherrer Neto” e Centro Regional de Saúde “Ângelo Piassaroli”. A previsão é de que as obras sejam finalizadas em cinco meses, com um custo de cerca de R$ 300 mil.