O prefeito de Nova Venécia,  Lubiana Barrigueira, juntamente com o secretário de Indústria e Comércio, Rômulo Baía recebeu nesta quinta-feira (03) em seu gabinete, os representantes da PetroCity Portos S/A. Na oportunidade o diretor de Sustentabilidade, Lucas Coser e o chefe-administrativo José Roberto Barbosa apresentaram o mega investimento que vai impulsionar o desenvolvimento dos municípios das regiões norte e noroeste do estado.

Participaram também da reunião, representantes do ProdNorte, empresários do município, vereadores, secretários municipais, servidores, profissionais da imprensa, representantes de associações e sociedade civil.

A construção do megaporto multimarcas na região de Urussuquara em São Mateus atenderá os setores de, transporte de veículos, rochas ornamentais, grãos, celulose carnes, eucalipto, entre outros. O terminal vai movimentar cerca de 600 milhões de dólares por ano.

“O Espírito Santo é um polo altamente produtivo em diversos setores, e fazemos toda essa exportação em portos em localidades distantes. Teremos uma estrutura  ampla e moderna com capacidade de ser a maior do país. Queremos diminuir custos, diminuir as distâncias para o escoamento da produção e que os empresários possam produzir mais  promovendo assim o desenvolvimento da região”, disse José Roberto, chefe administrativo da PetroCity.

O projeto prevê investimento de 2,1 bilhões. A previsão é de que a obra comece no primeiro trimestre de 2019 e comece a operar em 2021. A projeção é de que o empreendimento crie 2,5 mil vagas de emprego na fase de instalação e mais 2 mil quando tiver em operação. “Prevemos que a maioria das ofertas de emprego venha de municípios da região, onde iremos fazer todo o trabalho de capacitação de mão de obra”, concluiu o chefe administrativo.

Segundo a PetroCity, o foco das exportações deve ser tanto para o mercado nacional como para outros países, principalmente europeus, Estados Unidos e China. Também está prevista a construção de uma estrada de ferro que irá integrar as regiões Norte e Nordeste do Espírito Santo, Centro-Oeste brasileiro, Sul da Bahia e o estado de Minas Gerais, ao completo portuário localizado na área da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Um investimento na faixa de R$ 6,5 bilhões de reais.

O prefeito Barrigueira comentou o feito. “Ficamos felizes com a presença dos diretores da empresa aqui em Nova Venécia e do interesse dos empresários em fazer parte desse projeto. É uma grande empresa que vem montar um grande porto para escoamento da produção. Há também um projeto de implantação de uma ferrovia que liga São Mateus/ES a Sete Lagoas/MG, que prevê a instalação de unidades de transbordo de cargas. Fizemos a solicitação aos representantes da empresa, para que se possa fazer um estudo técnico de viabilidade de instalação de uma dessas unidades em Nova Venécia, devido ao grande numero de empresas de exportação na área de café, granito, pimenta entre outros. Destacamos aqui também a geração de emprego que esse mega projeto vai possibilitar não só em nossa cidade, mas em toda região”, destaca.

O próximo passo para implantação do porto é a assinatura dos contratos, marcada para o  dia 17 de janeiro no Palácio Anchieta, onde contará com a presença de diversas autoridades, representantes da PetroCity, representantes da construtora e o governador do Estado, Renato Casagrande. “Nesse evento do dia 17 o mercado saberá quem são os principais atores envolvidos e vamos iniciar, junto com o novo governo, a nova era de prosperidade para o Espírito Santo, criando esse corredor logístico que transformará o Norte e Noroeste do Estado, além do Leste de Minas e do Sul da Bahia”, concluiu José Roberto.